Meu fim de semana começou engraçado, não sei se é a palavra correta, mas ok.
Eu encontrei em um site um esquema de fazer um filtro Infravermelho de forma caseira, achei interessante a idéia, porque eu adoro fotografia e esse tipo de filtro da um efeito bem interessante além de fazer fotos bem legais.
Para fazer isso precisa fazer um suporte para a câmera e utilizar pedaços de filme velado, é aquele mesmo que agente usa pra ver os eclipses do sol de forma segura. Bom resultado disso é que eu acabei vasculhando minhas fotos antigas atrás de negativos e pedaços de filme velado.
Fotografia sempre foi uma paixão para mim, principalmente porque ela obriga a você relembrar, a puxar da memória as coisas e situações que aquelas fotos foram tiradas.
Fotos de mais de 10 anos atrás, fotos de colégio, fotos de pessoas que eu amei, coisas, lugares e tudo mais que fazia parte do meu dia-a-dia. Sem contar que quando você se compara como você era a 10 anos atrás da uma sensação estranha e nostálgica.
Olhando aquelas fotos, vendo rostos que muitos eu não tenho mais contato, fico pensando demais sobre os próximos anos, sobre quem será eleito pela vida a ser excluído da minha vida, quem ainda estará comigo, tento não prever isso, mas confesso que fico assustado, muita gente que jurou fidelidade eterna e outras juras, atualmente nem deve lembrar mais de meu nome.
Isso me leva a pensar em todas as vezes que eu criei expectativas e igual um patinho cai de boca no chão.
O que me impressiona é que isso ainda acontece com uma freqüência assustadora. Não adianta, faz parte do meu ser, eu sempre vou criar expectativas e muitas vezes não vou ser correspondido. É o meu risco, é como eu sou.
As coisas estão boas, melhores do que as previsões e com uma tendência a melhorar um pouco mais, mas ainda existem partes desbalanceadas na minha vida e isso as vezes zune na minha cabeça.

3 thoughts on “Viva nostalgia …”

  1. “fico pensando demais sobre os próximos anos, sobre quem será eleito pela vida a ser excluído da minha vida, quem ainda estará comigo, tento não prever isso, mas confesso que fico assustado, muita gente que jurou fidelidade eterna e outras juras, atualmente nem deve lembrar mais de meu nome.” (2)

    E te juro uma coisa, mesmo eu fazendo de tudo para, como em aconselharam uma vez, “manter as expectativas as mais baixas possíveis como maneira de se decepcionar mesmo”, já é difícil…

    E comigo também continua sempre acontecendo, não sei se é por a gente estar ficando mais velho e já ter passado por isso, sei lá, mas parece que tudo está mais rápido mesmo, entra e sai de pessoas na nossa vida (e não sabemos se realmente chegamos nem a entrar na vida de quem saiu da nossa)…eu com meu pessimismo crônico costumo dizer que é melhor assim, as decepções chegam mais rápido, voce resolve logo, pára de perder tempo pensando e conjecturando, e segue com a sua vida.

    Mas não fica preocupado não, no mundo de hoje é dificil algo não estar desbalanceado na gente (falou a super balanceada, eheheh).É até saudável mentalmente. Depois eu te explico porque é melhor ser “desbalanceado” nesse mundo que ser “normal”, porque já escrevi um testamento aqui, hoje me baixou a tagarelice literaria, rss

    bjinhos, bom domingo!!

    P.S. Eu tbm amo fotografia, sempre gostei, mas sou péssimaaaaa!Pra fotografar e ser fotografada :/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *