Ainda sobre a criatividade … ou a falta dela.

Fico sempre impressionado como nosso povo pode ir de um extremo ao outro numa facilidade tremenda.
Nosso Brasil é conhecido por ser um dos mais criativos em tudo, principalmente na publicidade.
Ao chegar em casa hoje meu amigo Vitor me manda o link com o vídeo abaixo:



O vídeo tecnicamente é muito bom, apesar da qualidade do youTube não ser das melhores, ainda assim da pra ver que os chromas estão legais, a filmagem está boa, enfim, o vídeo esta com boa qualidade.

O que me incomodou nesse filme foi mais uma vez a exploração do Matrix-Minority-Report-style.
Poxa, já deu não ?

Os filmes são muito bons, fato! Mas chupar a idéia desses filmes já cansou.
Matrix é de 1999 e Minority Report de 2002, e desde o lançamento até hoje vemos “os criativos” chuparem esses temas.

Dá até para imaginar a cena, o “dono” chegando para a produtora e falando:
– Moço, me ve um filminho de um minuto, com bastante Matrix e Minority Report, sem picles tá ?
E o produtor dizendo:
– É pra já patrão, batata frita pra acompanhar ?

É lastimável isso, espero que o pessoal da Datasul não disperdiçe mais milhares de Reais passando essa porcaria na televisão.

Comments

  • Eu ainda não entendi a carinha de feliz do nome do produto, mas tudo bem. Talvez seja para dizer que o usuário do sistema fica feliz.

    No mestrado aprendemos que NUNCA se induz um sentimento falando abertamente sobre ele. Ou seja, não adianta você falar para um aluno que é a motivação dele quem vai ditar o quão bom ele será no futuro. Ele não vai gerar motivação por causa disso. Mas se você trabalhar com ele mostrando a sua motivação, é possível que ele se motive também.

    Da mesma forma, não adianta dizer para alguém ser feliz. Ele(a) não será. Ao invés disso, mostre a ele(a) como você é feliz e leve ele(a) junto contigo. Aos poucos a pessoa vai assimilando naturalmente a idéia, vai achar que foi ela quem teve a grande sacada, e vai ficar ainda mais feliz.

    Talvez a carinha foi um tiro no pé.

    []s

Leave a Comment