É amigos e amigas, parece que o desrespeito virou praxe no comércio. Tentam nos enganar descaradamente e agora atiram no próprio pé dificultando a principal etapa de uma compra: a compra!
Bom, no dia 20/02 fiz a minha listinha de compras e fui até o Carrefour de um shopping no caminho de casa. Como fui comprar outras coisas (Ci, fui ver seu tripé também), resolvi fazer compras lá também.
Depois de circular pelo shopping e resolver minhas pendências fui até o Carrefour e como estava com uma lista rapidamente estava com tudo que eu precisava. Não demorou 20 minutos para circular o shopping todo e pegar os itens.
Foi então que os problemas começaram.
Como eu estava com mais itens que os permitidos no “caixa rápido” já fui direto para os caixas normais.
Me estranhou muito que a fila do caixa rápido estava muito grande, já estava comemorando de não ter que enfrentar aquela fila quilométrica.
Minha comemoração foi bem curta, pois ao chegar nos caixas normais vi que haviam poucos caixas disponíveis, resultado disso, uma fila tão grande quanto a dos “caixas rápidos”, porém com compras bem maiores para passar na registradora.
Contei o tempo e se espantem: 50 minutos de fila.
Pensei com meus botões: Poxa, gastam milhões com publicidade, contratam a Ana Maria Braga, negociam preços com fornecedores, representantes, até estacionamento dão, para chegar aqui na ponta e ter uma meia dúzia de caixas disponíveis.
Observei que muitas pessoas não estavam com tanta paciência e abandonaram seus carrinhos ali mesmo e foram embora.
O senhor que estava na minha frente perguntou pra mocinha do caixa o que tinha acontecido que haviam tão poucos atendentes, ela respondeu que foram mandado embora pois eram funcionários temporários.
Outra coisa que me veio a cabeça também foi a falta dos colegas empacotadores. Pessoas legais que enquanto a caixa registra as compras ele já vai ensacando as compras, mas esse a muitos anos foi abolido do comércio, outra economia porca na minha opinião.
Acho engraçado que dependemos de leis e regulamentos para tudo, somente quando alguma boa alma soltar uma lei dizendo que é contra os direitos do consumidor ficar na fila mais que X minutos ai o comércio dá um jeito de resolver.
Onde esta o respeito, onde está a lógica de atender bem seus clientes, onde esta o slogan de padaria “atender bem, para atender sempre” ?
De que adianta jogar milhões pela janela e encher os bolsos da Ana Maria Braga se o departamento pessoal anda metendo os pés pelas mãos ?
Mais respeito não faz mal e como diria meu avô, conserva os dentes.

2 thoughts on “Mais respeito, pode ser ?”

  1. Nossa concordo com você Henrique.
    Olha que no site do SABRAE está disponível o curso “Como Vender Mais e Melhor” ferramentas para aumentar as vendas.Cada funcionário poderia fazer um curso assim. rs ele foca desdo Gerente ao repositor do comercio.
    Enfim, isso é lamentável mesmo…

    Uma pergunta achou morango no Carrefour?!?

    Beijo!

  2. Fico feliz em saber que você está bem e subindo em sua carreira. Parabéns por sua conquista! Beijos, querido! Afetuosamente You Know Who I Am

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *